Bastidores da leitura,  Os livros têm opinião

Ler musicais

Em tempo de férias com crianças e menores de 18 em casa, propomos que criem desafios que envolvam a leitura disfarçada nas entrelinhas! É assim que nos inspiramos para Os livros têm opinião e para Os bastidores da leitura.

«The Prom», musical da Broadway desperta consciências

Nos últimos dias, aproveitámos para estar em família e um dos filmes que não faltou foi o «The Prom», que estreou Netflix no dia 3 de Dezembro e que conta com elenco de luxo: Meryl Streep, Nicole Kidman, Kerry Washington, Keegan-Michael Key e James Corden. No mesmo dia, foi lançado o livro com o mesmo nome da escritora Saundra Mitchell, autora de mais de vinte livros para pré-adolescentes e adolescentes. Foi, durante cerca de vinte anos, a roteirista principal e produtora executiva de vários programas de cinema para adolescentes, tendo sido dez vezes nomeada para os Óscares. Perante o lançamento deste musical da Broadway em livro e em filme, decidi ler em conjunto o livro com uma preteen e foi bom saber que há um respeito pela diferença e a luta pela verdade. Sim, a preteen queria ver o filme primeiro, mas desafiei-a a perceber as diferenças/semelhanças entre o filme e o livro, como imaginávamos as personagens, etc. Para isso, teríamos de começar pelo livro!

A história é simples: «Emma Nolan sonha apenas com uma coisa neste mundo: dançar com a namorada Alyssa no baile de finalistas. Mas na sua pequena cidade de Edgewater, Indiana, é quase como pedir a lua. Alyssa Greene é a rapariga mais popular do liceu, presidente do Conselho de Estudantes e filha da presidente da Associação de Pais. Mas esconde um segredo: o seu relacionamento com Emma. Quando se espalha a notícia de que Emma tenciona levar uma rapariga ao baile, há tanto alvoroço que a Associação de Pais ameaça cancelá-lo. Até que duas estrelas da Broadway ouvem falar do caso, decidem assumir a causa para obter um pouco de publicidade em troca.»

O mote está lançado, não só para um musical que faz justiça ao livro como para um debate a vários níveis: o respeito pela diferença; a procura da verdade, da nossa verdade (no matter what) e o escrutínio a quem, por vezes, se associa a causas, só porque sim, porque fica bem, mas sem perceber o impacto. Temas do momento, portanto!

Aconselhamos o filme e o livro a pais, educadores, professores, preadolescentes e adolescentes! Nós decidimos ler em conjunto o livro e depois visionar o filme, mas podem tentar outras alternativas: um de vocês, ler o livro e outro, ver o filme e discutirem as ideias, após cada um terminar a tarefa! Boas conversas à mesa e não se esqueçam, Os Livros Têm Opinião e que bom que é assim!

Descubra mais conteúdos Desculpasparaler nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *