2020 Abril,  A voz da contracapa,  Crianças, dedo no ar!,  Papa Livros

Fábula de Sepúlveda ensina o valor da amizade

No dia em que soubemos da morte do escritor chileno Luís Sepúlveda, escolhemos um livro para o homenagear. Desta vez, foi a «História de um gato e de um rato que se tornaram amigos», que explica a crianças e adultos o que é isso da amizade.

Baseado numa história real, o livro «História de um gato e de um rato que se tornaram amigos» conta um episódio que um dos filhos de Luís Sepúlveda viveu. Decidi ler este livro com a minha filha de 11 anos à hora de deitar e percebi, que apesar de integrar o Plano Nacional de Leitura para uma faixa etária mais jovem, esta história é para todos, adultos e crianças.

Sorrimos com os nomes

Sem dúvida, as ilustrações deliciosas do Paulo Galindro acompanham as peripécias divertidas, capítulo após capítulo, do Max, o dono e o Mix, o gato. Os nomes das personagens marcam o som e o ritmo da história. Temos um Max e um Mix e um Mex, o que, por si só, relembra as cantilenas que fazemos em crianças. Experimenta dizer: Max, Mex, Mix, Mox, Mux…. é divertido.

A descrição do gato também não nos é indiferente. A sua presença marca o espaço e o tempo. Vislumbramos a imponência do seu porte, sentimos o seu pelo fofo e macio e não nos sentimos indiferentes pelo afecto e ternura que ambos, dono e gato, sentem um pelo outro. Caso tenhamos um animal de estimação, podia ser a nossa própria história, a nossa própria rotina.

Valores da amizade

O livro conta episódios banais do dia à dia e são esses que o escritor nos leva a valorizar e a não descurar: a alegria de quando chegamos a casa, o calor repleto de conteúdo e de vontade, a companhia silenciosa e presente, o respeito pelo espaço e a entreajuda perante a dificuldade.

Apesar de ser uma fábula, ou seja, os animais apresentam características humanas, Luís Sepúlveda partilha os princípios da amizade, de uma forma simples e divertida, sem grandes malabarismos. Esta é uma história, que pela sua simplicidade e clareza, pode ajudar crianças, jovens e adultos, a adquirir hábitos de leitura.

Nos Ouvidos que Lêem – Contador de Histórias vais encontrar um excerto desta história.

Descubra mais conteúdos Desculpasparaler nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *